IRS e a Certificação energética

Tópico em 'Audi Bar' iniciado por bichinha, 31 Mar 2010.

  1. bichinha

    bichinha

    Desde:
    1 Out 2009
    Mensagens:
    1 196
    Gostos Recebidos:
    2 406
    - informação recebida por mail em cadeia - (há já algum tempo...)

    No impresso do IRS surgiu um campo novo... preparem-se...
    Quando preencherem o impresso do IRS irão verificar a existência de um campo novo no Anexo H, campo dados dos imóveis, sobre a certificação energética.H?
    Há que responder se o imóvel tem ou não classificação "A+" ou "A". Obviamente que a maioria não tem certificação, logo o campo a preencher é o NÃO.
    Dizem os funcionários das Finanças que este campo não terá penalização no valor a ser reembolsado!
    Mas ...,.... façam a v/ simulação com o Sim e com o Não e verão que o valor a ser reembolsado será diferente, num e noutro caso.; .. logo seremos penalizados!!! (mais ou menos entre 50€ a 100€ a menos)
    Se não tivermos a certificação seremos penalizados, daqui em diante, todos os anos..
    se a pedirmos, gastamos +-200€ num ano mas fica válida por vários anos (15 anos),
    Mas, só vale a pena pedir certificação se obtivermos a classificação "A" ou "A+"..
    Se o certificado indicar a classificação B.................já haverá penalização Fiscal!!!!!!
    Contactei a DECO que confirmou a legalidade da situação embora concordasse que a informação explícita e da comunicação social fosse nula.... porque será?
    Abaixo está um site que vos elucidará sobre este assunto, uma vez que esta lei já existe desde 2006.... Os imóveis de luxo construídos em 2007 eram os poucos ou únicos que tinham esta certificação...
    Para este ano já não vamos a tempo de pedir a certificação, mas mesmo que tenhamos certificação só não somos penalizados no IRS se a certificação for "A" ou "A+".. se for abaixo desta classificação seremos sempre penalizados...
    Quem está a construir casa, peçam a v/certificação ao construtor. O Construtor já é obrigado a dar a certificação... Nas casas novas caso não tenham pré-instalação de painéis solares e/ou soluções ecológicas terão agravamento do IMI.., serão consideradas casas "Não Verdes" e serão logo penalizadas na contribuição.
    Para alterar o sistema, haverá que instalar PAINEIS SOLARES , em V/ Casa, uns para gerar água quente, outros para gerar electricidade. Até Julho/Agosto a C.G.Depósitos financia a instalação e montagem dos painéis solares, oferendo a Direcção Geral de Energia 50% do valor da instalação.
    NOTA: Todavia, ( e aí tenham atenção ) o Estado só financia as instalações efectuadas por DUAS ÚNICAS empresas (que, por acaso, são da Mota-Engil, cujo CEO é o Dr. Jorge Coelho), pois parece serem as que melhor qualidade de serviço prestam...
    www.certificacaoenergetica.com
     
  2. CutKiller

    CutKiller

    Desde:
    8 Jan 2008
    Mensagens:
    11 907
    Gostos Recebidos:
    15 423
    Em relação ao meu caso falei com o construtor e ele já se prontificou a tratar da certificação.. Disse-me que quarta ou quinta-feira da próxima semana terei isso comigo :D

    Pois isso também já li algures...
     
  3. boost

    boost

    Desde:
    23 Out 2006
    Mensagens:
    13 553
    Gostos Recebidos:
    4 761
    Mais vale nunca preencher, pois obter uma classificação A ou A+ é "quase" impossível. (dizem as má línguas :D)
     
  4. CutKiller

    CutKiller

    Desde:
    8 Jan 2008
    Mensagens:
    11 907
    Gostos Recebidos:
    15 423
    Pois... Por curiosidade fiz a simulação no site www.adene.pt e deu-me D LOL

    Mas também é verdade que em muitas coisas pus sei lá bem o que :D
     
  5. binária

    binária

    Desde:
    31 Jul 2008
    Mensagens:
    393
    Gostos Recebidos:
    812
    Nos edificios existentes é quase impossível... já nos novos não é assim tão complicado, porque já tiveram um Projecto Térmico - RCCTE, por trás... e desde que o mesmo tenha sido respeitado ;)

    Relativamente aos Painéis Solares, a sua instalação já é obrigatória em qualquer licenciamento... todas as casas novas terão de possuir este sistema, que terá de ser certificado pela Marca Certif ou Solar Keymark, com garantia de manutenção de 6 anos através de contrato com a empresa instaladora... estes documentos são obrigatórios para que o perito possa fazer o Certificado Energético que depois será emitido pela ADENE e classificará o imóvel...

    A sua instalação, mesmo nas casas existentes, sempre deu beneficios fiscais... claro que a Classificação A é a ideal, mas mesmo quando tal não é possível estes colectores mostram-se uma mais valia, essencialmente para aquecimento de águas quentes sanitárias ;)

    O estado tem realmente uns programas de apoio para quem optar por determinadas marcas/empresas... na minha opinião, com mais ou menos vantagem fiscal é sempre de instalar

    Depois temos outro tipo de sistemas, não obrigatórios, mais dispendiosos mas também com outro tipo de vantagens, fotovoltaicos, heólicos, geotérmicos, etc...
     
  6. binária

    binária

    Desde:
    31 Jul 2008
    Mensagens:
    393
    Gostos Recebidos:
    812
    :p

    Mas a casa é nova? O licenciamento foi requerido quando?

    Para imoveis novos a Classificação minima é B- :D
     
  7. CutKiller

    CutKiller

    Desde:
    8 Jan 2008
    Mensagens:
    11 907
    Gostos Recebidos:
    15 423
    O Ano de fim de construção foi de 2008 :)

    Mas eu escolhi coisas que não faço a mínima ideia LOL
     
  8. binária

    binária

    Desde:
    31 Jul 2008
    Mensagens:
    393
    Gostos Recebidos:
    812
    Mas isso é a data da conclusão da obra, o licenciamento até pode ser de 2002 ou 2003... e aí podes ter classificações menos favoráveis...

    Quando o construtor apresentar o CE logo vês... se for abaixo de A+ dizes que não queres e vais procurar uma habitação energéticamente mais eficiente :D
     
  9. CutKiller

    CutKiller

    Desde:
    8 Jan 2008
    Mensagens:
    11 907
    Gostos Recebidos:
    15 423
    brincalhona.... Ohhhhhhhhhh Boooost aqui a Drª Arq. está muito brincalhona ehehhehehe
     

Partilhar esta página