Multa falta de seguro com condutor identificado

Tópico em 'Consultório Jurídico' iniciado por ZuKinha, 9 Out 2012.

  1. BlueA4

    BlueA4

    Desde:
    3 Fev 2011
    Mensagens:
    5 388
    Gostos Recebidos:
    2 355
    Grande galo...
    mas tu nao tens a atestação de venda do carro? é que ter Cadastro não é muito Bom
    Por acaso tou a ter um Stress parecido com uma Bedford que vendi o ano passado ai,o Gajo ainda não a passou para nome dele,Não tarda nada mando a matricula abaixo...
     
    Last edited: 10 Out 2012
    1 pessoa gostou disto.
  2. ZuKinha

    ZuKinha

    Desde:
    7 Mai 2010
    Mensagens:
    2 603
    Gostos Recebidos:
    1 019
    Quando refiro cadastro, nao é cadastro de criminoso...

    O cadastro com que fico, é que á proxima que cometer nos proximos 5anos carta fora pelo tempo estipulado por eles...
     
  3. vsantos69

    vsantos69

    Desde:
    3 Set 2010
    Mensagens:
    1 719
    Gostos Recebidos:
    391
    Essa não é a "melhor" entidade a quem perguntar, a resposta é óbvia e mais óbvia ainda no contexto actual. Estava a sugerir um advogado pois mesmo a reclamação/impugnação é melhor ir feita por um...
     
  4. Rodri

    Rodri

    Desde:
    23 Jul 2012
    Mensagens:
    59
    Gostos Recebidos:
    14
    Amigo, não tens que pagar coisa alguma se na altura da autuação o carro já não era teu.

    Queres que te diga o que aconteceu...

    O artista foi mandado parar, como não tinha seguro inventou uma tanga qualquer que o carro era emprestado. Supostamente a responsabilidade do seguro seria do proprietário. Das duas uma... ou foi logo autuado na hora e como não pagou ficou com os documentos apreendidos, ou foi-lhe passado aviso de apresentação de documentos para fazer prova posterior do seguro válido.

    Na 1ª hipótese, o auto é sempre passado ao proprietário do carro. Na 2ª hipótese, se não apresentou o seguro dentro do prazo, o auto é então enviado para o proprietário.

    Se tens o contrato de compra e venda, e cópia da identificação dele, pega nisso e vai, se tiveres possibilidade à esquadra/posto de onde é originário o auto. Caso não consigas resolver, ANSR (antiga DGV).

    Caso não tenhas qualquer prova da venda, então estás mesmo entalado.

    Cumpts

    Rodri
     
  5. rfmribeiro

    rfmribeiro

    Desde:
    18 Dez 2011
    Mensagens:
    357
    Gostos Recebidos:
    43
    boas, então já nao tinhas confirmado nas finanças que o carro não era teu?
    se tens declaração de venda em vez de pagares 500€ de multa e sujeitares-te durante 5 anos, acho que mais vale pagares para já a um advogado para resolver essa situação!
    outra coisa, "vais perguntar ao cego se quer ver"? então perguntas a quem te quer multar se tens mesmo de pagar a multa!?!?
    é obvio....
    boa sorte
     
  6. LUIS SARTA

    LUIS SARTA

    Desde:
    27 Out 2005
    Mensagens:
    1 045
    Gostos Recebidos:
    55
    Era o que faltaria que depois de vendermos um bem ainda tivéssemos que andar a verificar se o novo proprietário pagou o seguro, se tem a inspecção feita e ademais. Se tens comprovativo da venda do bem é apresentares o mesmo para mandares impugnar a coima, manda a tal carta com todos os dados que possuíres ao Presidente da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.
     
  7. alberg

    alberg

    Desde:
    28 Ago 2011
    Mensagens:
    158
    Gostos Recebidos:
    94
    A viatura vendida tinha seguro qual anulaste ou fizeste transferençia para outra.
    De uma forma ou outra essa anulação/transfega serve para a tua defesa.(documentos)
     
  8. ZuKinha

    ZuKinha

    Desde:
    7 Mai 2010
    Mensagens:
    2 603
    Gostos Recebidos:
    1 019
    Boas,

    para actualizar o topico,


    Tive que pagar a multa de 500€ e nao fui para tribunal, o que fiz foi pegar em fotocopias de todos os papeis de venda, cancelamento de seguro etc e enviei por carta para a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

    O que vou esperar é que tenham em atenção que fui alvo de uma situação injusta e que me perdoem ao menos o "cadastro" na carta.

    A ver vamos o que me vai acontecer... :S
     
  9. anjovadio

    anjovadio

    Desde:
    2 Jan 2012
    Mensagens:
    110
    Gostos Recebidos:
    156
    Depois de ler este palavreado todo, eis a minha opinião:

    – Venda do veículo em janeiro e em março já constava no novo proprietário.

    – O veiculo foi autuado em fevereiro por falta de seguro e a contraordenação vem em teu nome.

    Neste caso é devido à data da elaboração do auto de contraordenação (fevereiro) o veiculo ainda estava em teu nome, por isso foi levantado em teu nomei, uma vez que só em março passou a ter novo registo.

    – No meu caso fazia tudo o que fizeste menos desembolsar dos 500 euros, e ainda dizes que os 500 euros que se lixe, desde que não apliquem a sanção acessória.

    – Com muita sorte, se fores primário a nível de contraordenações graves e muito graves, eles vão dar a volta e vais levar com a pena suspensa por 180 dias e lá se foram os 500 euros para o bolso do "coelho" para pagar a crise.

    No final espero que te devolvam os euros, mas ao fazer 2 anos se não te responderem pede o dinheiro de volta.
     
  10. rafael

    rafael

    Desde:
    18 Fev 2007
    Mensagens:
    7 893
    Gostos Recebidos:
    773
    Não tinhas de pagar nada se tivesses o documento a provar que tinhas vendido o carro
    nem se quer tens de dar a tua carta não eras tu que ias a conduzir só tinhas de apresentar a tua defesa
    nada mais quem quize-se que paga-se menos tu
     
  11. ZuKinha

    ZuKinha

    Desde:
    7 Mai 2010
    Mensagens:
    2 603
    Gostos Recebidos:
    1 019
    EU fui á GNR, Policia e por fim IMTT onde obtive sempre a mesma resposta... Tinha que ser eu a pagar porque o carro na altura ainda andava em meu nome, e as multas referentes á falta seguro, IPO e Selo sao de exclusiva responsailidade do proprietario, ou seja, eu...
    Ainda me disseram se tinha que pedir satisfações a alguem era a quem vendi o carro, pois porque ele como so mudou em Março o carro de nome ainda me podem chegar mais uma supresas a casa. :S
     
  12. dias

    dias

    Desde:
    2 Jul 2009
    Mensagens:
    819
    Gostos Recebidos:
    270
    se fosse eu pegava e tinha ido a um advogado para a impugnar pois com declaraçao e venda ou seja estavas mais seguro isto digo eu que era o ke seria mais logica , mas tudo pode aconter .

    eu ja me aconteceu de o selo de o meu antigo corssa foi entregue com a troca do A3 em nobvembro 2008 e so foi passado para a 2 de fevereiro de 2009 e tinha o selo a pagar em janeiro 2009 kue so foi comprado em abril e em 2011 la veio a multa para kem a minha pessoa , paguei mas fui reclamar com o stand e eles deram-me o valor pois tb tem responsabilidade ....


    abraço
     
  13. anjovadio

    anjovadio

    Desde:
    2 Jan 2012
    Mensagens:
    110
    Gostos Recebidos:
    156
    Tiveste azar com quem te atendeu à porta de cada um desses estabelecimentos comerciais, e por cima sempre a mesma resposta, és mesmo azarado.

    Já esta, já esta, só falta ver o desfecho desta historia, sorte teve o condutor/proprietário que andava sem seguro e não pagou a multa.
     
  14. Guyver01

    Guyver01

    Desde:
    17 Jun 2012
    Mensagens:
    2 238
    Gostos Recebidos:
    1 772
    Já não e a primeira vez que oiço falar em situações destas, a minha mãe inclusive foi fdd agora para pagar o UIC de 2008 de uma carrinha que já não tem desde 2007, e terá de pagar por que la esta não tem o comprovativo de venda =S
     
  15. rafael

    rafael

    Desde:
    18 Fev 2007
    Mensagens:
    7 893
    Gostos Recebidos:
    773
    na na isso é que era bom eu por acaso pagava nem um nem outro
    ipugnava e mais nada
     
    1 pessoa gostou disto.

Partilhar esta página